Programa Menor Aprendiz Bevap

Conheça o Programa Menor Aprendiz

A Bevap está apostando na juventude e criando oportunidades para os jovens que querem iniciar a sua carreira no mercado de trabalho.

História

Com esse foco, foi iniciado o Programa Menor Aprendiz em 2015, que contribui para a preparação e desenvolvimento de competências de jovens de 16 a 21 anos, formando pessoas que saibam tomar decisões para o seu crescimento profissional.

O programa possibilita ao jovem assumir o papel de agente de desenvolvimento, canalizando a sua energia, criatividade e ousadia para renovar ideias.

Linha do Tempo

  • 2015

    Em 2015 foi iniciado com uma turma do curso Técnico de Açúcar e Álcool. Contamos com a Escola Baluarte.
  • 2017

    Em 2017 tivemos outra turma com o curso de Aprendizagem Industrial e Agricola através da parceria com o SENAI.
  • 2019

    E em 2019 montamos mais uma turma com a parceria novamente do SENAI.
Selo-MC-br-2017-260x260

Prêmio MasterCana Social 2017

Em 2017 a Bevap recebeu 6 premiações no MasterCana Brasil e no MasterCana Social. Um deles foi o de Inclusão Social - Programa Menor Aprendiz.

O MasterCana é a mais tradicional premiação setorial que, desde 1988, vem reconhecendo o mérito das pessoas e organizações que se destacam no aprimoramento humano, tecnológico e socioeconômico do agronegócio brasileiro.

Veja nossas premiações clicando na imagem ao lado.

Como foi o processo seletivo em 2019?

No dia 13/09 foi realizado a integração de 60 Jovens Aprendizes entre idade de 16 a 21 anos.

300 jovens foram selecionados para participarem do processo seletivo, foi realizado através de provas de Português e Matemática e testes Psicológicos.

Eles vão realizar o curso de Manutenção Mecânica em Máquinas Agrícolas ou Manutenção Mecânica Industrial.

Confira as fotos da Integração do Programa Menor Aprendiz 2019

Projeto em Andamento

Desenho técnico, uma ferramenta desde os primórdios da humanidade, passou a ter uma grande importância na revolução industrial. Com o passar dos anos, mantenedores e fabricantes cada dia mais utilizavam deste recurso. Hoje na 4ª geração da indústria, o desenho técnico é realizado em computadores e softwares específicos.

O SENAI e seus instrutores sempre criaram formas didáticas para facilitar a aprendizagem do aluno.

A peça em sabão é uma forma didática do aluno traduzir o seu aprendizado, através de um desenho em três vistas, chamado de projeção ortogonal, o aluno tem o desafio de interpretar e dar forma real ao desenho, transformando uma peça 3D. Além de interpretar o desenho, o aprendiz deve contar com a sua habilidade.

A tarefa também da liberdade do aluno de usar recursos técnicos do desenho, como fez o aluno Yago, que utilizou o recurso técnico da vista em corte, para mostrar detalhes ou conforme os alunos Ângelo e Alexandre Fernandes, que inovaram, fazendo um excelente acabamento no sabão, através da fricção do couro no sabão ou ainda os motivados alunos José Oplinio e Gleison que além do sabão, fabricaram em metal.

Aprendiz do Mês

SIPAT 2019

Vale destacar a importante participação dos alunos do Programa Menor Aprendiz na SIPAT, que aconteceu em Dezembro de 2019, onde os alunos realizaram um teatro com informações importantes e pertinentes sobre a segurança do trabalho, simulando um acidente.

Investir na juventude é apostar no futuro!